Curso de Direito do Trabalho Renato Saraiva, o melhor

Tem gente que acha que quem reprova no Exame de Ordem é burro. E não são poucos que pensam assim: “A prova não é difícil, é só estudar“, “Por que ao invés de reclamar não estudam?“, “Querem fazer cursinho a acham que vão passar, mas nem estudaram na faculdade!“, "Bastava sacrificar os finais de semana, sem se jogar na cachaça, que passariam na prova...".

Como funciona

Estudante cria o pedido

Estudante cria o pedido

Escritores dão ofertas

Escritores dão ofertas

Estudiante contrara o escritor

Estudiante contrara o escritor

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

ESCRITOR COMEÇA A TRABALHAR

Calculadora de Preço
Nós temos os melhores preços, veja por si mesmo!
Data de entrega
Especifique quando você gostaria de receber o trabalho do seu escritor. Certifique-se de deixar mais alguns dias se precisar do papel revisado. Você terá mais 20 dias de garantia para solicitar quaisquer revisões, gratuitamente.
Páginas
Palavras
+
Nosso Preço
Nosso preço é calculado com base em dados estatísticos retirados das ofertas do escritores da Studybay
Preço dos concorrentes
Nós coletamos e analisamos dados da média de preços oferecidos pelos websites concorrentes
R$ 0 MELHORES PREÇOS
R$ 0

Meras frases prontas decorrentes de uma visão no mínimo superficial da realidade. Muitas vezes simplesmente são resultado da maldade humana... Quem faz o Exame fica sobre uma pressão imensa, vinda de todos os lados, pois a aprovação na cabeça de muitos é corolário lógico de quem é inteligente ou estuda muito. Não é verdade! Isso é um mito! É claro que é de fundamental importância que o aluno se prepare, e é exatamente para isto que o Curso de Direito do Trabalho Renato Saraiva existe. O problema doa candidatos que não são aprovados, no entanto, é outro.

O grande problema decorre de uma visão fundamentalista: se estuda e sabe, passa, se não passa, é burro, despreparado ou qualquer outra coisa semelhante. Não por acaso, mais de 70% dos candidatos desenvolve algum grau de estresse durante o Exame – O que o estresse e a ansiedade tem a ver com o Exame de Ordem? As pessoas ignoram que não existe uma única causa responsável pela reprovação no Exame de Ordem. Como, no entanto, o ser humano tem a mania de criar rótulos para simplificar o que não entende ou entende pouco, prefere desenvolver uma explicação simples para justificar o que vê.

A aprovação no Exame da Ordem, especialmente em se tratando da segunda fase depende muito da dedicação do examinando. Ocorre que as vezes, mesmo com muito estudo, o aluno é reprovado. Neste caso têm-se que é mais fácil achar que os outros são burros do que entender razões e complexidades por detrás de uma reprovação. Existem bacharéis em Direito que são analfabetos funcionais? Sim, existem. Eu comprovei isso pessoalmente ao analisar provas subjetivas de candidatos reprovados.

Candidatos que não compreendem um problema e não conseguem colocar no papel uma ideia com começo, meio e fim. O ensino jurídico fraco ajuda a reprovar? Com certeza! Talvez, inclusive, seja a causa preponderante de reprovações. Mais preocupante ainda é que a grande maioria dessas faculdades aplicam vestibulares risíveis e não reprovam nenhum acadêmico. Aliás, hoje, tentem reprovar um universitário para ver o que acontece. Estudante hoje (sem generalizar, claro!) é consumidor e não aluno. E as faculdades relutam em reprovar consumidores. Desse modo ocorre o que está ficando conhecido como estelionato educacional; que não é uma figura retórica, mas uma realidade!

Por vezes o aluno não se dedica o suficiente e acaba tendo que correr atrás do prejuízo após o término da graduação, quando não consegue alcançar a aprovação no temível exame. Há candidatos que levam a faculdade nas coxas? Com certeza! Muitos travam com sua instituição um verdadeiro pacto de mediocridade: “eu finjo que ensino, você finge que aprende, e no final do curso eu te dou um diploma“. No Exame de Ordem a grande maioria das faculdades não consegue aprovar nem 5% (cinco porcento) de seus egressos e eles acabam, no final das contas, tendo que procurar instituições como a nossa, que tratam seus alunos com o respeito que lhes é de fato devido.

Existem candidatos preparados e estudiosos que sucumbem ao emocional. Essa certamente uma causa relevante a contribuir com muitas reprovações. Apesar da advocacia ser uma profissão que lida com antagonismos e enfrentamentos diários (de forma civilizada), onde a timidez não pode ter espaço, quem está saindo da faculdade ainda está verde, independente da idade, para lidar com esse tipo de situação.

É natural sentir a pressão. Aliás, lidar com a pressão da família e da sociedade (colegas de emprego, amigos e conhecidos) é uma habilidade crucial, que precisa ser desenvolvida o quanto antes. A timidez e o nervosismo são reais e atrapalham de verdade muita gente. Não é lenda e não é frescura: a maioria dos candidatos sente a pressão, e boa parte sucumbe diante dela. 80% dos candidatos em um exame já reprovaram ao menos uma vez.

Na maioria dos casos os alunos que reprovam por causas como esta não dedicaram um tempo para o estudo de suas mentes, técnicas de relaxamento mental, que são cruciais para àqueles que sentem dificuldades na hora de serem examinados. Nestes casos são sugestões para o momento pré-prova:

  • Descansar a mente e se distrair: Segundo a psicóloga Ana Paula Huber, o candidato deve se distrair nos dias anteriores a prova, claro que sem excessos: “É importante descansar a mente e se distrair, sem excessos. A cobrança é um fator que contribui muito para aumentar o nervosismo. Procure pensar em outras coisas e encarar a prova como fazendo parte de mais uma etapa, como tantas, que terá que enfrentar daqui para frente, e não como a sua única chance ou dar conta de todo o investimento que foi feito”.
  • Leitura: Mirian Paura professora de pós graduação UERJ sugere que o candidato leia as últimas manchetes dos jornais, “Eu sugiro que o aluno leia, pelo menos, as manchetes dos jornais com as últimas notícias que estamos vivenciando para se manter informado. Depois, é importante descasar e relaxar”.
  • E se der um “Branco”: A professora Mirian Paura sugere, “Respire profundamente, peça permissão para sair da sala e beber um copo de água e, ao retornar, comece a ler desde o início. Assim terá mais força e maior concentração”.
  • Roupas confortáveis: O professor Adalberto Pinto também sugere o uso de roupas confortáveis,”O candidato tem de ir com uma roupa que o deixe confortável quando ele estiver na sala de aula e que contemple possíveis mudanças de temperatura, tanto para o frio como para o calor”, vamos concordar com o Professor, não existe nada pior que o desconforto, desconcentra e muito.
  • Seja otimista e acredite: A psicanalista e neurocientista Nancy Azevedo Cavaco, diz que o candidato precisa acreditar em si mesmo e que vai fazer uma boa prova, “O candidato tem que se comportar como alguém que tem capacidade para passar porque se ele pensar que vai ter dificuldades num determinado setor essas dificuldades acabam acontecendo por associação”.

O curso que te possibilitará ser aprovado no exame de ordem explora uma série de assuntos do ramo do Direito Trabalhista. Trata-se de um curso livre para Qualificação Profissional, onde o aluno aprenderá:

  • Os fundamentos do direito do trabalho;
  • Relações de trabalho;
  • Contrato individual e especial de trabalho;
  • Jornada de trabalho;
  • Normas especiais de tutela do trabalho;
  • Férias; remuneração e salário;
  • Salário família;
  • Seguro desemprego; Programa de alimentação do trabalhador;
  • FGTS;
  • Segurança e medicina do trabalho;
  • Rescisão contratual; e
  • Direito coletivo do trabalho.

Conhecendo bem todas estas áreas e trabalhando as questões de ordem emocional na hora de realizar a prova, seguindo todos os conselhos escritos nos tópicos anteriores, o aluno com certeza será aprovado.

Com certeza absoluta. O curso ensina todas as matérias já atualizadas, considerando inclusive a recente alteração da legislação trabalhista do ano de 2017. Além disso, trás também para discussão tópicos como:

  • Referências aos Informativos do TST atualizados até novembro de 2017;
  • Questões de concurso da Magistratura do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho dentro do texto relacionadas com as matérias mais destacadas;
  • Alterações efetivadas na legislação trabalhista e na jurisprudência do TST

No âmbito normativo, as modificações mais importantes decorreram da edição da Lei 13.313, de 14.07.2016, que permitiu o uso do FGTS como garantia de créditos consignados, e da Lei 13.352, de 27.10.2016, que regulamentou a celebração do contrato de parceria entre profissionais que prestam serviços em salões de beleza e os empresários que administram essa espécie de negócio.

A qualidade e a objetividade dos nossos materiais e professores atendem o mais alto gabarito, o que possibilita aos candidatos direcionarem seus estudos com mais eficiência. No que diz respeito à doutrina, fazemos - por exemplo - a análise das diversas consequências jurídicas do acidente do trabalho e comentários sobre a lei do salão-parceiro, que regulamenta a relação de trabalho dos profissionais que prestam serviços para salão de beleza. Por fim, os informativos do TST foram atualizados até o número 149, de 21 de novembro de 2016 e também fazem parte da grade curricular. É por esse motivo que você não deve deixar essa oportunidade passar. Matricule-se já no curso de direito do trabalho Renato Saraiva e seja um profissional aprovado no Exame de Ordem e requisitado.

O que é a Studybay.com.br

  • Mais de 15 anos de experiência na assistência de redação acadêmica
  • 100% de escrita original
  • Avaliação de cliente de 97%
  • 24/7 FREE customer support via phone and email
  • Política flexível de descontos
  • Serviços VIP disponíveis
  • Todos os temas disponíveis

Atividade do site de hoje

Preparando pedidos
Preparando pedidos
733
Pedidos concluídos
Pedidos concluídos
387
Escritores ativos
Escritores ativos
78225
Revisores
Revisores
86
Programas de desconto disponíveis para clientes
Programas de desconto disponíveis para clientes
6
Avaliações de Clientes
Avaliações de Clientes
58
Operators online
Operators online
15

What we can offer

Recursos GRÁTIS em todas as ordens

grátis

Desconto total: $65

  • Resumo$5
  • Correções*$30
  • Página de título$5
  • Bibliografia$15
  • Formatação$10

Formato

Todos os formatos são disponíveis

Nossos descontos

Preço especial $5 /página

Está sem tempo para fazer seu trabalho? Fique tranquilo, o fazemos para você. Temos especialistas tanto para trabalhos escolares quanto para dissertações de mestrado/doutorado

Consiga ajuda com qualquer tipo de trabalho