Studybay usa cookies para garantir que asseguramos a melhor experiência no nosso site. Continuando a usar Studybay, você aceita o nosso uso de cookies. Veja mais na nossa Política de Cookies
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho

O CONCEITO DE DIÁRIO EM O QUARTO DE DESPEJO DE MARIA CAROLINA DE JESUS, Literatura, TCC - 1429

Número do pedido
1429
Disciplina
Tipo
Processando
4 Abril 2018
COMPLETO EM
6 Abril 2018
Preço
R$1.742,00
Ajude-me fazer rápido até literature. Tem só 2 dias Título do pedido «O CONCEITO DE DIÁRIO EM O QUARTO DE DESPEJO DE MARIA CAROLINA DE JESUS».
crowd
Houve
15 ofertas
camilalemonie
O usuário contratou o escritor
Esse pedido já foi realizado no serviço StudyBay
Em Studybay, você pode encomendar sua tarefa acadêmica a um de nossos 10000 escritores profissionais. Contrate seu escritor diretamente, sem pagamentos extra de agências e afiliados!
Verifique o preço do seu trabalho
Ou pode comprar esse trabalho....
camilalemonie
camilalemonie
Escritor
Páginas: 20
R$1.742,00
browser surf
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar o trabalho acadêmico
de qualquer tema
Encomendar o trabalho novo

RESUMO

O objetivo deste trabalho é refletir sobre o conceito de Diário, gênero literário que vem ganhando crescente público leitor, por ser uma prática de leitura e de escrita que se mantém vigente através dos tempos e apresenta característica confessional. Busca-se, analisar a contemplação de tais conceitos no romance Quarto de despejo: diário de uma favelada, de Carolina Maria de Jesus publicado em 1960. A escritora torna-se voz da intimidade e porta-voz da coletividade como quando expressa a indignação referente ao descaso do Estado em relação às minorias. O referencial teórico para análise e conceituação, ancora-se principalmente nas teorias de Philippe Lejeune.

Palavras chave: Literatura de minorias, Conceito de diário, autoria feminina.
As autorias femininas conquistaram considerável autonomia a partir da metade do século XX. Nesta época, houve crescente interesse e valorização dos registros que expressassem a voz silenciada pelo preconceito e submissão.
É possível admitir que a crescente produção feminina venha se estabelecendo com intuito de quebrar paradigmas. Devemos lembrar que a literatura enquanto documento escrito e publicado sugere ser uma atividade da elite intelectual, de mulheres da classe média e alta, que tiveram o privilégio de acesso ao ensino sistematizado, à escrita, à leitura de jornais, revistas e livros.
No entanto, a voz da mulher de classe menos favorecida, passou a ganhar espaço a poucos anos, cujo reconhecimento, ganha força a partir das lutas por ações afirmativas, por exemplo, do descendente af Mostrar todos
O CONCEITO DE DIÁRIO

A escrita autobiográfica envolve o leitor, seja devido à crença da realidade descrita, ou pela capacidade criadora de quem lê, nesta perspectiva, supõe - se existir nas linhas de um diário, pequenos detalhes que agradam e conduzem ao reconhecimento de si no outro, já que este gênero pressupõe aspectos de confissão, contemplando as mais diversas subjetividades do ser humano.
Os diários são estórias onde o autor constrói narrativas de seu dia-a-dia, contando suas experiências e vivencias como forma de desabafo. Porém, na criação literária, por tratar-se de ficção, Quarto de despejo se configura como discurso de confissões de momentos de indignação da protagonista que se consome diante da dificuldade de garantir o pão a seus filhos.
Vale lembrar que a arte ocidenta Mostrar todos
AGUIAR, Flávio. Gêneros de Fronteira: cruzamento entre o histórico e o literário. São Paulo: Xamã, 1997.

BLANCHOT, Maurice. El diário íntimo y el retrato In: Revista de Occidente: El diario íntimo. Madrid: Fundación José Ortega e Gasset, n.182-183, jul./ago.1996.

LEJEUNE, Phillipe. El pacto autobiográfico y otros estúdios. Madrid: Megazul Endymion, 1994.

LEJEUNE, Phillippe. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008
StudyBay é uma plataforma de freelance. Todos os trabalhos apresentados no site são enviados por nossos usuários que tenham concordado comregras d a colocação de trabalho no site e ter todos os direitors autorais necessários para esses trabalhos. Baixando o trabalho, você concorda que ele não será apresentado como o seu próprio, mas será usado apenas como um exemplo ou fonte, com a referência obrigatória para a autoria do trabalho. Se você é o proprietário dos direitos autorais e considera que este trabalho é postado aqui sem a sua permissão - por favor preencha o formulário e nós removemos o trabalho do site. Preencher os campos
Avaliamos em 10 minutos de graça
Não gostou do trabalho?
Pode encomendar qualquer trabalho acadêmico aos nossos escritores a partir de 5 reais! Faça o pedido e receberá as ofertas em 10 minutos!
Fazer um pedido